Central de Agendamento: 11 2410-1400 Ouvidoria: 11 4414-6006         Imprensa



Hospital Novo Atibaia realiza campanha de Higienização das Mãos para prevenção de diversas doenças como gripe (H1N1) e viroses

Publicado em 11/06/2014

Hospital Novo Atibaia realiza campanha de Higienização das Mãos para prevenção de diversas doenças como gripe (H1N1) e viroses

Assessoria de Imprensa do HNA
Em comemoração ao dia Mundial de Higienização das Mãos, cinco de maio, o SCIH (Serviço de Controle de infecção) do HNA, deu início a Campanha de Higienização das Campanha Higienização das MãosMãos.

Pelo segundo ano consecutivo os setores de SCIH e Gestão da Qualidade e Processos realizam a campanha com o objetivo de sensibilizar todos os seus colaboradores e comunidade à prática racional da higienização, lembrando que esta também faz parte da Segunda Política de Segurança do Paciente do hospital.

A simples lavagem das mãos é a medida mais simples e eficaz na prevenção e controle de infecções. Estudos apontam que cerca de 80% das infecções são espalhadas por mãos que não foram higienizadas corretamente e que os germes podem estar presentes em mesas de escritório e telefones 500 vezes mais do que no assento sanitário.

No Hospital Novo Atibaia, os colaboradores puderam receber a apresentação teatral da Cia Lona de Retalhos que conseguiu transmitir as mensagens sobre a importância da higienização das mãos. E, mais uma vez, o programa se estendeu também à comunidade em escolas públicas e privadas as quais possuem papel fundamental nesta tarefa pois, são agentes promotores e disseminadores da importância deste hábito. De maneira lúdica, os colaboradores, médicos, crianças e professores puderam relembrar/aprender sobre como higienizar corretamente as mãos com o palhaço Dr Calabreza e sua amiga Dona Bactéria.

Campanha Higienização das MãosCom a chegada da Copa do Mundo justamente com uma das estações mais frias do ano no Brasil é preciso estar alerta quanto ao aumento de casos de gripe. A enfermeira do SCIH do Hospital Novo Atibaia Carmen Ligia lembra ainda que o Brasil deve receber aproximadamente 500 mil turistas do mundo inteiro: “O vírus da gripe pode ser transmitido em ambientes aglomerados (como os estádios de futebol) por meio de espirros e objetos já contaminados sobrevivendo até 24 horas no ambiente”. E finaliza dizendo: “Esta preocupação é mais um dos motivos de estarmos realizando esse programa de Higienização das Mãos, tanto internamente no hospital como levando à comunidade através das crianças. Com as mãos sempre limpas, a probabilidade de contaminação é reduzida a níveis aceitáveis e ainda temos a opção da vacinação da gripe que está disponível na rede pública e na rede privada.”