Central de Agendamento: 11 2410-1400 Ouvidoria: 11 4414-6006         Imprensa



Clínica da Mulher recebe nome em homenagem ao Dr Márcio Borges da Fonseca

Publicado em 02/09/2013

Clínica da Mulher recebe nome em homenagem ao Dr Márcio Borges da Fonseca

O Dr. Márcio Borges da Fonseca (1936-2006), do Hospital Novo Atibaia, doutor márcio borges fonsecaestá recebendo homenagens pelo reconhecimento dos serviços prestados à comunidade e também pela amizade e sentido humano que demonstrou ao longo de sua trajetória profissional.
Em junho deste ano, seu nome foi dado à Clínica da Mulher, que ele ajudou a criar e estruturou como uma das principais unidades do Hospital Novo Atibaia. Sua filha, a Dra. Márcia Cristina Hamati da Fonseca Costacurta, dá continuidade ao trabalho na clínica e também ao desenvolvimento da formação e do aperfeiçoamento de técnicas voltadas à saúde feminina.
O Dr. Márcio também foi homenageado pela Câmara e pela Prefeitura com a denominação de rua no loteamento Residencial Quadro dos Príncipes, em Atibaia, por iniciativa do vereador Paulo Fernando Serrano Catta Preta, pelos relevantes serviços prestados à população como médico e sócio-fundador do HNA, onde atuou por mais de três décadas.
“O Dr. Márcio foi um médico dedicado, incansável, humano. Para mim, representou um grande amigo e um grande companheiro desde os tempos de residência no Hospital das Clínicas. Foi um médico e profissional de inquestionável competência, prestando serviço à comunidade atibaiense”, comentou o Dr. Shuhatiro Wada, presidente do HNA e um dos sócios-fundadores do hospital.
O Dr. Márcio nasceu em Bom Jardim, Pernambuco, mas era chamado de “Bom Baiano” pelo Dr. Wada e outros amigos. Foi o segundo de quatro filhos de Severino Gonçalves da Fonseca e de Maria Auta. O pai, motorista de táxi, mudou-se com a família para Recife em 1945. Na capital pernambucana, Márcio se dividiu entre a vontade de ser jogador de futebol e o sonho de ser médico. Venceu o segundo.
Depois de curta temporada prestando serviço militar, onde chegou a primeiro-sargento, Márcio entrou na Faculdade Federal de Medicina de Pernambuco, formando-se em 1963. Acompanhando a onda de imigrantes nordestinos que buscavam o “Sul Maravilha”, prestou o exame e foi aceito como residente de cirurgia-geral no Hospital das Clínicas de São Paulo. Ali passaria três anos de sua vida e conheceria Sonia Hamati, com que se casaria em 1967, aos 31 anos de idade.

Clínica da Mulher HNAO jovem casal seguiu então para o Paraná, onde o Dr. Márcio foi trabalhar no Hospital São Paulo. Ele e mais um médico tinham que cuidar, sozinhos, de 40 mil habitantes. Ficou lá por dois anos, até decidir se mudar para Piracaia em 1968. Em outubro daquele ano, ainda em Piracaia, foi chamado pelo Drs. Wilson de Freitas e Shuhatiro Wada para fazer parte do corpo clínico do que seria o Hospital e Maternidade Atibaia.
A pedido dos sócios do HNA, o Dr. Márcio desistiu da cirurgia e optou por Obstetrícia e Ginecologia, já que havia falta de médicos que cobrissem essa área. Nesse ramo da medicina, fez carreira, sendo diretor do Serviço de GO do Hospital Novo por 40 anos. Tirou o título na área (TEGO) em 1984.
Sempre em busca de novos desafios, o Dr. Márcio acompanhou por mais de 10 anos o serviço de ginecologia do Dr. Hans Wolfgang Halbe, na Maternidade da Beneficência Portuguesa, em São Paulo, e por mais de 15 anos o grupo de mastologia do Dr. Domingos Auricchio Petti. Já estava com 68 anos quando se especializou em mastologia pela Sociedade Brasileira de Mastologia, sendo o responsável por implantar o serviço dessa especialidade no Hospital Novo Atibaia, pioneiro na região.

Foto: Dra. Márcia Cristina Hamati da Fonseca Costacurta, dá continuidade ao trabalho na clínica e também ao desenvolvimento da formação e do aperfeiçoamento de técnicas voltadas à saúde feminina.